1 Room, 2 Adultos (Mudar)
Room,Quartos,Adulto,Adultos,Criança,Crianças

Aqui pode encontrar soluções de Rent-A-Car de nossos parceiros.

Marque sua viagem mas antes escolha os locais a visitar.

11 dicas para viajar em época alta (e sem chatices)

Arquivo hoteisangola
Arquivo hoteisangola

Muitas vezes não podemos escolher quando vamos de férias. De uma forma geral as nossas férias coincidem com as do resto da população. Isto cria alguns problemas nesta época do ano, nomeadamente o aumento dos preços, as multidões e a falta de disponibilidade. Se quer aproveitar as férias na época alta (sem grandes chatices), então tem aqui alguns truques que o podem ajudar.

A maioria das pessoa tem de se adaptar à politica de férias da empresa, às férias marcadas no calendário, ao período de férias dos colegas de trabalho para não irem todos de férias no mesmo período. E dá-se ainda o caso de algumas empresas fecharem num período pré-determinado e é-se obrigado a ir de férias nesse período. E o problema é que esse período de férias coincide geralmente com grande parte do mundo, o que provoca a época alta.

Os principais inconvenientes da época alta são a subida de preços, as multidões e a disponibilidade. Mas o facto de viajar em época alta não significa que não possa aproveitar as suas férias ao máximo. De seguida vamos conhecer alguns truques para contornar os problemas típicos da época alta.

 

#1. Reservar com muita antecedência

Os preços costumam subir quanto mais próxima for a data em questão, sobretudo na época alta, pelo que deve reservar o mais cedo possível. Quando souber as datas das suas férias deve reservar os voos e o alojamento. Se encontrar um voo a preço razoável, tente comprá-lo imediatamente. Os voos baratos podem aumentar de preço apenas em algumas horas.

#2. Viaje para destinos “mais baratos” ou “menos conhecidos”

Não há destinos de primeira ou de segunda, há apenas lugares mais e menos visitados. Você até pode pensar que num destino com menos visitas as condições para fazer turismo são piores, mas não é assim necessariamente. Cada lugar tem o seu encanto. Viajar para estes destinos tem muitas vantagens: menos aglomerações, preços mais baixos, facilidade para conhecer a cultura local…

#3. Flexibilidade

Nem sempre é possível, mas se tiver alguma flexibilidade nas datas em que vai de férias poderá conseguir poupar muito dinheiro. O caso mais conhecido são os voos, onde voar um dia antes ou depois pode representar uma grande diferença de preço. Por vezes também compensa voar para outro aeroporto próximo do destino. Também se pode ser um pouco flexível em relação ao alojamento. Não é preciso ir para hotéis de cinco estrelas, sobretudo se apenas lá for dormir. Há imensos hotéis bons, bonitos e baratos.

#4. Viajar para lugares onde é época baixa

Outra opção para evitar o turismo de massas é viajar para destinos onde é época baixa. Viaje para destinos de inverno quando já não há neve e para destinos de praia quando lá for inverno, por exemplo.

#5. Viajar com tempo e pouca bagagem

Se viajar com pouca coisa não terá de pagar para levar a mala no porão do avião. Uma mala de mão bem organizada e pensada ajuda a evitar as filas no aeroporto. De qualquer forma, se precisar de levar mais bagagem pode fazer o check-in “online”’ e entregá-la directamente.

Evitar as filas do controlo de segurança é mais complicado. Para além do mais, costumam ser longas, aborrecidas e lentas, sobretudo em época alta. Para não sofrer demasiado (por medo de perder o voo etc.), o melhor é ir com tempo para o aeroporto. Se for de carro para o aeroporto saia com antecedência para evitar engarrafamentos ou escolha um percurso com menos trânsito.

#6. Evite as filas

Como evitar as filas em monumentos históricos, museus, etc.? Se quiser evitar perder tempo em filas para comprar bilhetes (o que é muito comum em época alta), compre antes as entradas pela Internet. Quase todos os museus e monumentos permitem comprar entradas online. Se quiser ir a algum espectáculo, concerto ou evento, compre também a entrada com antecedência e por Internet, assim evitará que se esgotem e a fila de espera.

Muitas vezes as entradas online têm descontos ou são mais baratas. É uma situação frequente com, por exemplo, concertos de música.

#7. Alojamento nos arredores

Em época alta, os alojamentos mais centrais ou próximos da praia costumam ser mais caros e os primeiros a esgotar. Para evitar as multidões e conseguir um preço mais competitivo pode escolher um hotel nos arredores ou menos central. Antes de reservar verifique se o hotel tem boas ligações ao centro e transportes públicos por perto.

#8. Madrugue para evitar multidões e grandes filas

Para evitar as multidões e as filas há uma solução muito fácil: levantar cedo. Madrugarvai ajudá-lo a entrar mais rápido em museus e poder fotografar os lugares mais famosos do seu destino sem ter que evitar as hordas de turistas. Pode compensar depois com uma boa sesta.

#9. Procure sítios locais para comer

Procure sítios locais e autênticos para comer. É muito fácil reconhecer um restaurante para turistas, mas encontrar um restaurante com comida típica e a bons preços também não é complicado. Basta desviar-se um pouco das ruas principais ou perguntar a algum residente.

#10. Organize um percurso alternativo

Se lhe apetece evitar os sítios mais turísticos do seu destino pode planear um percurso alternativo. Este tipo de percursos levam-no a lugares menos conhecidos e visitados mas igualmente bonitos. Para organizar o percurso pode consultar blogs de viagem ou perguntar aos locais.

#11. Calma e bom humor

Por muito cuidado que tiver em época alta, é muito provável que em algum momento encontre filas, lugares em que é difícil mover-se, suspeitar que pagou demais por uma refeição, montes de gente, etc. Não se preocupe, pense que já que está ali e não pode fazer muito mais. A solução é olhar para as coisas com alguma filosofia. Lembre-se que está de férias e que pode fazer o que quiser. Aproveite ao máximo, deixe-se levar, relaxe e não percas o sentido de humor.

Fonte: maisturismo.org

  • Hoteis e Resorts com Vida Selvagem
    Com uma grande riqueza no que diz respeito a paisagens naturais, fauna e flora, a Angola proporciona aos visitantes paisagens espetaculares, desde altas quedas de Água, vastas praias e densas flore...
  • Hotel ou Resort? Qual a melhor solução.
    Todo mundo já ouviu falar em resort, mas ainda há quem questione: “Qual a diferença entre resort e hotel?”.
  • Porque visitar Benguela?
    Benguela foi eleita em 2019 como o melhor destino turistico do pais - uma província de gente acolhedora e simpática, as suas praias fazem as delicias de quem visita a província, mas não se esqueça ...
  • Resorts que deve visitar em Angola
    Resorts são lugares usado para relaxamento ou recreação, situado fora do centro urbano com áreas não edificadas de terreno, voltados especialmente para atividades de lazer e entretenimento do hóspe...

Informações:

LINHA DE APOIO - hoteisangola.com


  931 510 510    222 780 159 

O Live Chat Whatsapp / Viber está disponível de:
  • - Segunda a Sexta das 08H00 às 22H00
  • - Sábados e domingos das 09H00 as 18H00
Este Serviço Live Chat destina-se a esclarecer os utilizadores e prestar informações sobre unidades hoteleiras e pontos turísticos.
Suporte por Telefone

Suporte por Telefone


  +244 931 510 510  - 222 780 159

O Linha de Apoio está disponível de:
    • - Segunda a Sexta das 08H00 às 22H00
    • - Sábados e domingos das 09H00 as 18H00
    Este Serviço Live Chat destina-se a esclarecer os utilizadores e prestar informações sobre unidades hoteleiras e pontos turísticos.
Suporte por Email

Suporte por Email


       




Newsletter

Cancelar recepção

Se você deseja parar de receber newsletters, escreva aqui o Código de Remoção mostrado na newsletter que você recebeu por nós e clique em Cancelar assinatura.

Endereço de email inválido
 
Por favor, espere ...