MONUMENTO DA PAZ

MONUMENTO DA PAZ

Foi no Luena, que se assinou o acordo de paz entre as forças do Governo e da UNITA, a 04 de Abril de 2002. Para marcar esse facto, em 2012 foi erguido o Monumento da Paz.

Na quarta-feira, 4 de abril de 2012, o presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, inaugurou um monumento à paz em Luena, capital da província oriental do Moxico, perto do local onde o líder rebelde da Unita Jonas Savimbi foi morto na batalha de 22 de fevereiro, 2002.

A morte de Savimbi abriu caminho para um acordo de paz assinado na capital Luanda em 4 de abril de 2002, encerrando o conflito civil de 27 anos que eclodiu logo após a independência de Portugal em 1975. O monumento que está instalado no Parque Lenin da cidade apresenta duas mãos gigantes escuras que lançam uma pomba branca para o céu e simbolizam os sacrifícios dos angolanos que viveram anos de conflito armado e os valores que a paz representa para o bem estar de cada cidadão.

Mapa


Alojamento

Moxico Hoteis na Zona


Destinos em Angola

LINHA DE APOIO - hoteisangola.com


  931 510 510    222 780 159 -     hoteisangola_bot 

O Live Chat Whatsapp / Viber está disponível de:
  • - Segunda a Sexta das 08H00 às 22H00
  • - Sábados e domingos das 09H00 as 18H00
Este Serviço Live Chat destina-se a esclarecer os utilizadores e prestar informações sobre unidades hoteleiras e pontos turísticos.
Suporte por Telefone

Suporte por Telefone


  +244 931 510 510  - 222 780 159

O Linha de Apoio está disponível de:
    • - Segunda a Sexta das 08H00 às 22H00
    • - Sábados e domingos das 09H00 as 18H00
    Este Serviço Live Chat destina-se a esclarecer os utilizadores e prestar informações sobre unidades hoteleiras e pontos turísticos.
Suporte por Email

Suporte por Email


       

Suporte por SKYPE



Newsletter - Promoções e destaques em seu email

Cancelar

Se quer parar de receber nossa newsletters escreva o seu código de remoção. Não irá receber mais actualizações.

https://www.hoteisangola.com/inner.php/ajax
Por favor, espere ...
Endereço de email inválido