Museu Regional da Huila

Museu Regional da Huila

O Museu Regional da Huíla é "uma instituição pública, permanente, de caracter científico, sem fins lucrativos, ao serviço da sociedade e do seu desenvolvimento, aberta ao público que adquire, conserva, investiga, difunde e expõe os testemunhos materiais do homem, para educação e deleite da sociedade" (ICOM 2001). 

Fundado em 1956/1957, pelo então Governador de distrito, Peixoto Correia, contava com a exposição de duas colecções: uma de Etnografia portuguesa, no rés-do-chão e outra de Etnografia local, na cave, cujo a responsabilidade esteve a cargo de Machado da Cruz, primeiro conservador da Instituição, responsável pela recolha de grande parte das colecções que alberga.  
Inicialmente com o nome de Museu da Huila, passou a designar-se, depois da independência Museu Regional da Huíla, tendo, nessa altura, passado a exibir apenas uma exposição Etnográfica com artefactos de origem local.
É, assim, um Museu representativo dos hábitos, costumes, crenças e tradições dos povos das quatro Províncias do Sul de Angola, Huíla, Namibe, Cunene e Kuando Kubango. 
A exposição está organizada em 8 salas temáticas tendo como base o quotidiano desses povos. 
A exposição “transporta” os visitantes para as vivências crenças e tradições das comunidades ali representadas iniciando na sala dedicada à pastorícia e caça, passando pelos instrumentos musicais, crenças, poder e espiritualidade, adornos e vestuário, agricultura e pesca, sala da maqueta do Eumbo, cestaria e cerâmica, terminando no jardim da Instituição onde estão expostos os bustos e estátuas de personalidades ligadas à História colonial tais como: Luís de Camões, José Agapito da Silva Carvalho, D. José da Câmara Leme, João de Almeida e Artur de Paiva.                                                          
Conta actualmente com cerca de 1569 peças de Etnografia local inventariadas das quais 300 se encontram em exposição.
O Museu Regional da Huíla tem, assim, como objectivo o estudo, a conservação e divulgação dos elementos essenciais da cultura material da Região Sul de Angola. Este objectivo vem sendo levado a cabo desde a data da sua fundação através de exposições permanentes e temporárias; colaboração com a comunidade (associações culturais e recreativas, instituições de carácter pedagógico, social e cultural); apoio à investigação e aos organismos de ensino; serviços de informação relativos ao Património da Região e Serviços Educativos. 
O Museu pretende expandir a sua actuação museológica, participando em campanhas de sensibilização, junto da comunidade, para a importância da preservação do património histórico, etnográfico, artístico, natural, material e imaterial  de toda a Região. Tem como missão estudar, documentar, conservar e divulgar as colecções que detém, bem como apoiar e colaborar na salvaguarda, estudo e divulgação do património cultural da Região Sul de Angola. 
Localizado no coração da cidade do Lubango, Rua Dr. António Agostinho Neto, Bairro Comercial, O Museu Regional da Huíla está aberto de segunda a sexta-feira das 9h às 17h. Esperamos por si.


Galeria


Localização


  • Promoções Especiais

Huíla Hoteis na Zona

Grutas de "ONDIMBA"
Artigo anterior
Grutas de "ONDIMBA"

Newsletter - Promoções e destaques em seu email

Cancelar

Se quer parar de receber nossa newsletters escreva o seu código de remoção. Não irá receber mais actualizações.

https://www.hoteisangola.com/inner.php/ajax
Por favor, espere ...
Endereço de email inválido