SECTOR DO TURISMO QUER MEDIDAS DE ALÍVIO ECONÓMICO

FOTO: Kinda Kyungu
FOTO: Kinda Kyungu

Moçâmedes - O director Nacional do Fomento do Turismo, Afonso Vita, advogou, quarta-feira, na província do Namibe, a necessidade de se traçarem medidas de alívio económico no sector, face às consequências da pandemia da Covid-19.

Em declarações à imprensa, após uma encontro com o governador do Namibe, Archer Mangueira, disse que 90 por cento das agências de viagens estão encerradas, tal como os sítios turísticos, submetendo o sector a uma situação complicada em termos financeiros.
“Estamos a pedir que haja um alívio financeiro no sector, por forma a incentivar aqueles que investem no turismo”, acrescentou o responsável, para quem, nesta fase de pandemia, a aposta deverá passar pela promoção do turismo interno.
Afonso Vita, que cumpriu uma jornada de trabalho de três dias ao Namibe, valorizou as potencialidades turísticas da região, referindo que, com investimento, poderá ser modelo de desenvolvimento desta área em Angola.
Realçou que o sector possui imensas potencialidades que atraem qualquer turista nacional ou estrangeiro, com um elevado nível de organização em termos das suas estruturas.
Entre as várias potencialidades turísticas do Namibe destaca-se o Mar, o Deserto, as Dunas, o Sol, a Welvitchia Mirabilis, as pinturas rupestres, monumentos e sítios históricos e o seu povo.

Fonte: https://www.angop.ao/noticias/turismo/namibe-namibe-pode-ser-modelo-de-desenvolvimento-do-turismo-em-angola-1/


Huíla Hoteis na Zona

Artigo seguinte
"Leitura Recomendada"

Newsletter - Promoções e destaques em seu email

Cancelar

Se quer parar de receber nossa newsletters escreva o seu código de remoção. Não irá receber mais actualizações.

https://www.hoteisangola.com/inner.php/ajax
Por favor, espere ...
Endereço de email inválido