1 Quarto, 2 Adultos (alterar)
Quarto,Quartos,Adulto,Adultos,Criança,Crianças

Aqui pode encontrar sugestões de Rent-a-Car por provincia.

Marque sua viagem mas antes escolha os locais a visitar.

Pedras de Kandumbo

Pedras de Kandumbo
Pedras de Kandumbo

O monumento natural das pedras de Kandumbo, com fendas, grutas e uma furna com cerca de 300 metros de cumprimento onde se encontra sepultados os crânios dos três dos mais dignificados soberanos da ombala de Kandumbo, Santos, Nondolko e Ndala Kandumbo

constituí um local sagrado (Akokoto) e um local histórico, dado o importante papel assumido aquando das incursões dos Portugueses durante a ocupação colonial o papel foi recentemente alvo de intervenção com a reabilitação da estrada de acesso e o empedrado do local.
As pedras Kandumbo, situadas no município da Tchikala-Tcholohanga, comuna de Boas Águas.
A 25Km do Huambo, em direção ao Bié, ergue-se uma monstruosa massa granítica, que foi cenário de titânicas lutas do Soba N\'Dala, contra os colonizadores portugueses; essa massa é o soberbo forte natural das Pedras do Kandumbo.
Os Huambos, anteriormente batidos na Embala do Huambo, perto do Soque, e depois nas Pedras da ganda e Kané, perto da Kaála, depositaram neste forte natural e no grande chefe N\'Dala – víbora – e seus comandantes de guerra Kalley, Kassango, Tchipulowando e Tchinlundulo, todas as suas últimas esperanças.
Decorria o ano de 1902, e os colonizadores brancos, ajudados por uma força Bôer, cercaram o Forte de Kandumbo; a batalha durou três dias e quatro noites, de tiroteio ininterrupto, no fim dos quais, em 20 de Setembro de 1902, o Capitão Teixeira Moutinho, do exército colonial, ordenou os últimos tiros de dois canhões de setenta milímetros, contra o povo.
O Exército português, ajudado pelos Boers, pelos canhões e pela traição de um Soba, que mostrou ao sitiante a maneira de penetrar no Forte Natural, vencia a batalha do Kandumbo.
N\'Dala jazia morto perto da paliçada exterior.
N\'Dala teve como sucessores: Nondolo, Kachikwala,Xilundulo, Sambuanda e Samokoloco.
Os crânios de N\'Dala e sucessores, à exceção de de Sambuanda e Samokoloco, repousaram num relicário triangular, a que se dá o nome de Kalunda.
Foram reconstruídas as cubatas de N\'Dala e do Tchimbanda Samakaka, com o pequeno templo, Etambo, bem como algumas cubatas de guerreiros e mulheres deles.
TChikala-Tcholohanga, Huambo, AO

Galeria

Alojamento

Huambo Hoteis na Zona

 

Nascente Rio Cunene
Artigo anterior
Nascente Rio Cunene