Igreja centenária construída em Malanje

Igreja centenária construída em Malanje

Uma igreja construída na cidade de Malanje no século XIX, durante o regime colonial português, foi elevada à classificação como património histórico-cultural do país, segundo determinação do Ministério da Cultura.
No decreto de classificação da Igreja de Nossa Senhora de Assunção de Malanje, assinado pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, com data de 8 de Maio, aquele templo é reconhecido com “uma das mais belas representações da arquitetura religiosa-histórica” da época.
A igreja começou a ser construída em 1862, mas 30 anos depois estava praticamente abandonada e destruída, tendo sido reconstruída entre 1920 e 1929, ano em que foi finalmente inaugurada.
Em 1957, ainda no período colonial português, o templo foi elevado a Sé Catedral da diocese de Malanje.
O decreto de classificação da igreja como património histórico-cultural define ainda uma zona de protecção, cabendo aos órgãos da administração local do Estado a “tomada de medidas para a efetiva proteção e valorização” do monumento.

Mapa


Alojamento

Malanje More


Destinos em Angola

SUPPORT LINE - hoteisangola.com



  +244 931 510 510

O Live Chat Whatsapp is available from:
  • - Monday to Friday from 08:00 a.m. to 10:00 p.m.
  • - Saturdays and Sundays from 9 a.m. to 6 p.m.
This Live Chat Service is designed to provide information on reservations and touristic points.
Suporte por Telefone

Suporte por Telefone


  +244 931 510 510

O Support line is available from:
  • - Monday to Friday from 08:00 a.m. to 10:00 p.m.
  • - Saturdays and Sundays from 9 a.m. to 6 p.m.
This Live Chat Service is designed to provide information on reservations and touristic points.

Suporte por Email

Suporte por Email


       

Suporte por SKYPE



Newsletter - Promotions and highlights in your email

Un-subscribe

If you want to stop receiving newsletters write here the Removal Code shown in newsletter you reveived by us and click Un-subscribe.

https://www.hoteisangola.com/inner.php/en/ajax
Please wait...
Invalid e-mail address