O embarque de escravos de Chinfuca

FOTO: Jorge Nunes
FOTO: Jorge Nunes
MALEMBO- NA ROTA DOS NAVIOS NEGREIROSNeste local, na Baía de Malembo, foi em tempos coloniais um ponto negro do comércio de escravos de Cabinda. O porto de Malembo, já existia desde os primórdios da escravatura da região.
Hoje os antigos portos são lugares de memória e de visita obrigatória. Em Malembo, na Aldeia de Chinfuca, a natureza "plantou" em pleno coração deste local histórico, uma bela árvore, em cima de um morro, chamada "Nkondo" (língua nacional Ibinda), ou Imbondeiro, (que atrai ainda mais o interesse dos visitantes). Nessa árvore sagrada encontra-se uma placa de metal que assinala o lugar da concentração e embarque dos escravos de Chinfuca  Da Baía de Malembo, se despediram milhares de homens, mulheres e crianças de Cabinda, da sua Terra natal, para não mais voltar Que Deus abençoe e protege os nossos irmãos Cabindas que foram vendidos como escravos em vários pontos do mundo, que a paz do Senhor esteja convosco em qualquer lugar do mundo onde se encontram.


Fonte: Hoteisangola


Huíla Hoteis na Zona


Newsletter - Promoções e destaques em seu email

Cancelar

Se quer parar de receber nossa newsletters escreva o seu código de remoção. Não irá receber mais actualizações.

https://www.hoteisangola.com/inner.php/ajax
Por favor, espere ...
Endereço de email inválido